● Melhores de 2012

Posted by Carrie on 8 de janeiro de 2013. Filed under: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Oi, gente linda do meu coração.

É dia 8, mas feliz ano novo mesmo assim! Demorei um pouco, mas aqui estou com um post sobre o que foi o melhor do ano no kpop pra mim (ou o que mais gostei, encare como quiser,  pois dá no mesmo, rofl).

Antes que venha com “mas você só colocou coisas que você gosta!!!”, lembre que este post se trata de uma opinião. Minha opinião. MINHA. I MY ME MINE. Não é verdade absoluta, então se sinta a vontade para discordar e também dividir o que pensa.

Não coloquei muitas categorias, porque, apesar de estar fazendo (tentando, na verdade lol) isso há alguns dias, foi de última hora. Além disso, não acho que acompanhei kpop tão bem nos últimos meses como o fiz no meio do ano e isso dificultou um pouco as coisas.


~Edits by Yaah~ THX♥

Ailee e Lee Hi são duas cantoras que as pessoas mais ligadas no mundo além das BREAKING NEWS já conheciam antes do debut. Por saber que eram talentosas, tive muito medo das duas debutarem com músicas horríveis, não serem bem aproveitadas ou floparem, mas, felizmente, nenhum dos três aconteceu. Heaven e 1,2,3,4 são músicas ótimas que não menosprezam a voz das meninas, com bons MVs (tirando o excesso de luz e uns efeitos toscos em Heaven e a cara de nada da Hayi em 1,2,3,4) e que foram muito bem recebidas na Coreia. Com certeza, os dois melhores debuts do ano.


SPICA é um tipo de grupo que, às vezes, até esquecemos que pode existir no kpop. Elas me fazem lembrar o The Grace de tão talentosas, só não chegam a tanto ainda. Além do talento, Doggedly e Russian Roulette são músicas que não ofendem os fãs de kpop com “hey, olha pra gente, mais uma música do capeta igual a todas as outras, feita apenas pra grudar na sua cabeça”.
B.A.P foi, com certeza, o debut mais impactante do ano. Mesmo quem não gostou de Warrior ficou impressionado com o fato do grupo não passar a impressão de “novato”. Eles revelaram o MV de Warrior no dia 25/01/2012 e eu me lembro de pensar que ia ser difícil algum outro debut de boyband me impressionar... Eu estava certa. Depois de B.A.P, ninguém me impressionou.


Only One da BoA foi meu comeback favorito do ano. Essa música é tão boa que foi escolhida de última hora para ser o carro-chefe do álbum, roubando o lugar que já era de The Shadow (sim, por isso o MV é bem produzido). No entanto, não é só a música que merece destaque, mas a coreografia super bem trabalhada da mesma, os cenários das performances, a capacidade da cantora, do parceiro e dos dançarinos de executar tudo perfeitamente, mas, mesmo assim, dar a impressão de ser algo novo em cada apresentação. Sendo sincera, não consigo assistir várias performances da mesma música de diversos artistas que AMO porque ~é tudo a mesma coisa~ (principalmente quando o assunto é SM), mas a BoA me fez querer assistir toda e qualquer performance de Only One. Se eu tivesse que escolher algo pra reclamar, seria as coreografias com os meninos do EXO: Luhan estava visivelmente nervoso e Sehun dançava sem sentir a música.

Talk That do Secret não foi algo tão bem feito quanto Only One. Ainda assim, considero um passo gigante para o Secret que, finalmente, lançou algo não-retrô. Gosto de retrô, mas, talvez por ser fã de Wonder Girls e ouvir T-ARA casualmente, já estava de saco cheio desse conceito e acho que elas exploraram mais áreas da antiguidade (O QUE NO MUNDO) do que deveriam, sem contar a síndrome de SUJU com três músicas bem parecidas (Magic, Madonna e Poison). Talk That é uma canção madura, elegante e muito bonita, mas um “bonita” diferente. Consigo compará-la melhor a uma pintura do que a outra música que também chame de “bonita” (O QUE NO MUNDO DE NOVO). Tenho certeza que Secret lançou essa música apenas com a intenção de fechar o ano sem passar despercebido. Elas haviam se esforçado bastante para o comeback com Poison e não estavam esperando grandes resultados, mas Talk That se tornou a terceira música mais famosa delas na Coreia, então espero que lancem mais algum trabalho nesse estilo, mesmo que não permaneçam nele. Minha maior reclamação vai para o MV que seria lindo, mas pareceu mais pobre do que deveria pelas cenas de dança aleatórias no meio dele. Separar “drama ver.” e “dance ver.”, já ouviu falar, TS?

Artista | Álbum | Data de lançamento | Faixa-título ★ Música favorita

3. BoA | Only One | 22.07.2012 | Only One Not Over U
Como Hurricane Venus (álbum) foi uma decepção pra mim, estava com medo de Only One e não ansiosa, mas, felizmente, este álbum se mostrou bem diferente e melhor que o anterior. Quem acompanha a carreira da BoA percebe a diferença gritante. Esse álbum mostra não apenas a idol, mas também o crescimento dela como uma verdadeira artista a começar pela faixa-título. Only One tem canções para todos os gostos sem perder a harmonia ou parecer desesperado para atingir o maior número de pessoas possível. Minha única reclamação é o fato de ser um mini-álbum disfarçado: possui 1 faixa que havia sido lançada meses antes (com menos de 3min), 2 instrumentais e apenas 5 canções novas (uma com menos de 3min também). Preguiça?

2. BUSKER BUSKER | 29.03.2012 | 벚꽃 엔딩 여수 밤바다
O álbum do BUSKER BUSKER que, infelizmente, leva o mesmo nome do grupo (detesto isso) me conquistou principalmente pela simplicidade das músicas. Em certo momento, você ouve apenas um violão e um assobio e eu não sabia que podia achar isso tão agradável aos ouvidos. A voz do Beom-Jun é bem diferente, não precisando de muito “adorno” pra ficar interessante. Não costumo pular músicas de nenhum dos álbuns aqui citados, mas, se tivesse que fazê-lo, com certeza não seria uma do BUSKER BUSKER.

1. Nell | Slip Away | 10.04.2012 | 그리고 남겨진것들 Beautiful Stranger
Slip Away do Nell foi a surpresa do ano pra mim, pois jamais imaginei que iria fechar um ano dizendo que o álbum deles foi meu favorito. As emoções provocadas pelo Slip Away (ou todos os trabalhos do Nell?) não são fáceis de distinguir (imagine descrever), mas posso dizer que é um álbum lindo de uma forma perturbadora, te deixa feliz por ser tão depressivo, expõe nas músicas algo que você também sente e não sabe o que é, além de ser pura arte e até uma possível fonte de inspiração*. Mesmo assim, não é um álbum que qualquer um iria gostar. Pode parecer uma bagunça pra quem não está acostumado, então não indico a todos, mas, para quem gosta do estilo ou dos trabalhos anteriores da banda (ou bandas indies britânicas, haha) este é um trabalho altamente recomendado.

Fora esses, também gostei muito do The Return do Shinhwa e do Blockbuster do Block B. The Return é um álbum ótimo, mas, fora On The Road e Hurts que achei especialmente lindas, não encontro nada notável no álbum ou na história dele. Já Blockbuster nos permite ver e ouvir claramente o crescimento do Block B, o que me fez agradecer internamente por sempre manter um olho no grupo, mesmo não sendo fã dos integrantes em si. lol

*Me sentindo esquisitona escrevendo essas coisas, pois, por culpa de blog+twitter, perdi o costume de escrever de forma ~mais séria~. lol

Ordem aleatória

Nell | Holding Onto Gravity | 03.12.2012 | 백야
Holding Onto Gravity tem toda a beleza que já se espera das músicas da banda, mas começa e termina tão rápido que passa a impressão de single e não mini-álbum. Triste. :(

TaeTiSeo | Twinkle | 29.04.2011
Nunca pensei que fosse gostar mesmo de algo que envolvesse SNSD, mas, assim como Only One, Twinkle não parece algo da SM. A faixa-título não é a cara de algo que já foi feito e refeito mil vezes, apesar de ainda achar que tem ruído desnecessário nas músicas e ter demorado pra me acostumar com as vozes de TaeNy, algo que nunca gostei muito. Baby Steps e Library são minhas favoritas.

G-Dragon | One of a Kind | 15.09.2012 | CRAYONXX
GD acertou mais uma vez. Eu, sinceramente, achei que ele não conseguiria fazer algo a altura de seu primeiro álbum solo. Ainda acho o Heartbreaker melhor que One of a Kind, mas a evolução é palpável. O álbum se manteve muito perto do que BIG BANG era, enquanto o mini-álbum explorou novas áreas (e se saiu muito bem). Espero que o próximo trabalho solo do rapaz supere os dois anteriores. Minhas favoritas são 결국 e Missing You.

Ailee | Invitation | 16.10.2012 | 보여줄게
Se eu disser que amo todas as músicas desse mini, estarei mentindo. A title-track não é péssima, mas prefiro escutar as demais. 보여줄게 está longe de ser boa como Heaven, mas as outras músicas valem a pena (algumas graças a voz da Ailee, que as torna mais interessante de alguma forma). Um carinho eterno e especial por Shut Up que, além de ser a melhor do mini-álbum, tem a participação do Simon D.

C.N.BLUE | EAR FUN | 26.03.2012 | Hey You
HAHAHA. *runs* C.N.BLUE não sai da zona de conforto na Coreia, mas, felizmente, eles se mantêm fazendo title-tracks parecidas ~E~ boas, diferente de “alguns”. Não tem nada incrível nesse mini-álbum, mas também não tem nada ruim. As melhores são 아직 사랑한다 e Dream Boy.

SPICA | Painkiller | 29.03.2012
Repackage de Russian Roulette e meu mini-álbum favorito do ano. Acho muito difícil SPICA superar esse trabalho. Gostei de todos os lançamentos posteriores do grupo, mas nenhum superou esse. Não tenho música favorita. Amo todas mesmo.


1st place: G-Dragon – Crayon | Epik High – Don’t Hate Me | Sunny Hill – The Grasshopper Song | HyunA – Ice Cream | Psy – Gangnam Style | Gain – Bloom | Block B – Nillili Mambo | K.Will – Please Don’t

2nd place: B.A.P – Power | Secret – Poison | TaeTiSeo – Twinkle | BEAST – Beautiful Night | G-Dragon – One of a Kind


U-KISS, só tenho a dizer que...
You tried so hard / and got so far / but in the end / it doesn't even matter.

grelhando no fim do mundo

GANGNAM STYLE
e adeus

Não gosto, mas é estranho pensar em outra música coreana pra definir 2012, haha.


Pelo amor, pensei que não ia terminar nessa vida... E ainda nem está completo. *runs* Falta Os Piores/Meh do Ano, mas esse será menor (creio eu). Obrigada pra quem leu até aqui. ♥

#nowplaying Thanks To by Yoseob & Junhyung

3 Responses to ● Melhores de 2012

  1. Nadine Guerra

    Adorei o post, não conhecia alguns e adorei!

    Beijos,

    http://www.depoisquecrescemos.com/

  2. Sunny

    ultimamente não ando vendo as novidades em kpop mas sempre que vejo me deprimo, as músicas estão ficando um tanto cansativa de alguns, principalmente dos que debutaram agora, eu realmente não curto os que debutaram a pouco tempo. sou fã mais é dos mais antigos como t-ara, secret e wonder Girls (dos que vc citou no post) ;3

  3. MandyB.

    Nossa adorei, meus parabéns!!! Adoro o K pop e você catalogou bem :)

    Beijos !

    http://doramasmania.blogspot.com.br/

Leave a Reply

Comentários são muito bem-vindos, mas... Não seja chato, ok? Ok~♥